domingo, 4 de junho de 2017

Vamos falar de acabamento?

Sou perfeccionista, admito.

O universo da costura criativa é enorme, e as mídias sociais pipocam fotos de artesanato.
Não sei você, mas eu, quando bato o olho numa foto, a primeira coisa que me chama a atenção negativamente é uma peça torta (devido à costura torta internamente), viés mal costurado, pesponto fazendo caminho de rato, pesponto com sequência de pontos grandes e pontos pequenos (devido às muitas camadas de tecido e a máquina não tem força pra "andar" normalmente), etc, etc, etc. Ou seja, o acabamento.

Vamos concordar que uma peça super bem feita e uma foto mal feita não ajuda muito na divulgação do produto. Mas uma foto bem feita de um produto mal acabado não resolve o problema, também.

Existe artesanato e artesanato. Existem precinhos "de banana", de quem faz correndo e mal feito, pra clientes que só querem precinho, sem se importar com a qualidade. Existem preços justos pra clientes exigentes que valorizam o bem feito.

Obviamente que ninguém nasce sabendo, então, se você está começando e sua costura ainda não sai retinha, não desanime. Não tenha pressa em terminar. Faça com calma e desmanche quantas vezes forem necessárias até sair bem feito. E, acima de tudo, valorize as horas investidas no trabalho. Dê o seu melhor! Te garanto que a satisfação é enorme.


Beijos,
Vivi

quinta-feira, 18 de maio de 2017

A nova loja virtual está no ar!

Finalmente a lojinha virtual está no ar, com novidades!!

Os tecidos ainda estão sendo inseridos aos poucos, e logo estarão todos disponíveis.

Agora tudo é novo! Então nossos clientes precisam fazer o cadastro novamente (que é super rápido), e se inscrever na newsletter para receber as novidades por e-mail, ok?


Espero vocês lá!
Vivi

sábado, 15 de abril de 2017

Novas Costurices no atelier

Depois de alguns anos me dedicando à loja de tecidos, neste ano o atelier volta à ativa. Aos poucos, no meu ritmo, o barulhinho da máquina de costura voltou para alegrar os meus dias.

Estou criando peças novas e colocando em prática projetos antigos que estavam apenas na mente e agora foram para o papel e estão indo para os tecidos. Oba!

Também resolvi encarar novos desafios, e o primeiro foi o bendito do viés costurado à máquina. Eu já usava viés pronto em minhas peças, mas apenas para acabamento interno. Para acabamento da parte de fora das peças, sempre usei o viés feito de tecido com acabamento à mão, com pontinhos invisíveis. Sou muito perfeccionista, e os pontinhos invisíveis dão um acabamento primoroso, mas toma muito tempo e não é dado o devido valor ao tempo gasto. Como preciso otimizar meu tempo, resolvi encarar o viés à máquina.



Estou testando várias formas de costurar o viés. Relutei um pouco em usar o viés pronto, pois a trama costuma ser muito aberta, mas o resultado foi bem satisfatório para a peça que estou criando.
Ainda estou testando o viés de tecido que a gente faz cortando o tecido a 45 graus. Mas as partes arredondadas requerem ainda muito treino.
Aos poucos vamos aperfeiçoando, não é mesmo?

E você, tem habilidade com o viés ou ainda é um bicho de sete cabeças?

Vivi